Publicações

Educação Profissional Continuada: Incerteza, equívoco e sucesso em programas de formação de professores, especialistas e gestores.

capa2 15x20

Lançamento do livro ‘Educação Profissional Continuada: Incerteza, equívoco e sucesso em programas de formação de professores, especialistas e gestores. ’

Autor: Prof. Dr. Cassiano Zeferino de Carvalho Neto

Editora: Laborciencia editora

 

(Lançamento no DCTA em 24/11/2016)

 

Publicação de artigo científico no COBENGE – 2016

  • 27 de setembro de 2016

 

COBENGE 2016 XLIV CONGRESSO BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO EM ENGENHARIA 27 a 30 de setembro de 2016 UFRN / ABENGE

Knowledge Learning Management System (KLMS): pesquisa, desenvolvimento e aplicação de um sistema de engenharia e gestão do conhecimento dedicado aos setores empresarial e educacional.

Cassiano Zeferino de Carvalho Neto, Dr. – carvalhonetocz@gmail.com

Instituto Tecnológico de Aeronáutica (LPECT-ITA)

Divisão de Ciências Fundamentais

Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) Praça Marechal do Ar Eduardo Gomes, n° 50 – Vila das Acácias CEP: 12228-901 – São José dos Campos – SP

Adelamar Ferreira Novais, M.Sc. – adelamar.novais@ufsc.br

Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Departamento de Engenharia Química e Alimentos (EQA)

Campus Universitário – Trindade

CEP: 88140-900 – Florianópolis – SC

Fábio Dienstmann, Eng°. – fabio@ecoeducacional.com.br

ECOEducacional

Rua Álvaro Leite, 51 – Real Parque.

88113-310 – São José – SC

 

Gustavo Luiz Gasparin, Eng°. – gustavo@ecoeducacional.com.br

ECOEducacional (idem)

Resumo: A educação básica, superior, profissional e profissional continuada, concebida e realizada com amplo suporte digital, apresenta na atualidade um complexo conjunto de redes sociotecnológicas, contando com interface hipermidiática múltipla e multifacetada, com possibilidades de gestão da interação por comunicação presencial, remota e híbrida. A este paradigma se pode chamar de Educação Digital. Sustentado no referencial teórico-tecnológico acima citado, e contando com estudos complementares a respeito dos chamados sistemas de Learning Management System (LMS), este artigo visa relatar o processo de contextualização do problema gerador que inspirou e propiciou pesquisa e desenvolvimento de uma plataforma digital, fundamentada em engenharia e gestão do conhecimento, operando em nuvem, por Internet, ou em Intranet por servidores locais, que integra ao LMS subsistemas complementares dedicados à gestão editorial baseada em Complexmedia, com entrega seletiva de conteúdo de conhecimento. A esta solução tecnológica se registrou como plataforma Knowledge Learning Management System (KLMS) a qual é destacada no presente artigo, incluindo relato de casos na perspectiva evolutiva da plataforma e suas aplicações na educação institucional e empresarial do país.

Palavras-chave: Engenharia, Gestão do Conhecimento, Knowledge Learning Management System (KLMS), Educação, Educação Profissional.

Acesse o artigo completo: carvalhonetocz_et_all_cobenge_2016

 

A experimentação e as TIC no Ensino das Ciências Exatas

A Convergência de Mídia Analógico-digital e
sua Contribuição para a Educação Científica,
Tecnológica e o Ensino de Física.

livro_internacional_capa

Participação em autoria de capítulo:

Prof. Dr. Cassiano Zeferino de Carvalho Neto (LPECT-ITA)

Prof. Dr. José Silvério Edmundo Germano (ITA)

Prof. M.Sc. Jerônimo Freire (UNINASSAU)

(Página de início: 81)

 

Sala Inteligente

Cassiano Zeferino de Carvalho Neto1, José Silvério Edmundo Germano1

1Instituto Tecnológico de Aeronáutica – Laboratório de Pesquisa em Educação Científica e Tecnológica (LPECT)
São José dos Campos – SP

Sala inteligente: tecnologias da ciberarquitetura.

Sala Inteligente deriva de um conjunto de pesquisas levadas a efeito a partir de 1991. O problema inicial que deu origem às pesquisas dizia respeito a conhecer, historicamente, como evoluíram os ambientes arquitetônicos educacionais, em função das concepções pedagógicas expressas ao longo do tempo e quais suas características e impactos para o ensino e aprendizagem contemporâneos.

Ao longo dos séculos as práticas pedagógicas, mais francamente discursivas, tiveram papel de destaque nas formas de comunicação docente-discente, nos processos de ensino-aprendizagem, sendo posteriormente diferenciadas, com a introdução paulatina do quadro-negro, marcando a transição do Auditorium para a Sala de Aula. Este processo pode ser mais notadamente percebido a partir de meados do século XIX, alcançando o século XX e firmando um tipo de arquitetura escolar como até hoje é utilizada tendo por local de eventos frequentes, a sala de aula.

Acesso ao artigo: carvalhonetocz_germano_jse_sala_inteligente

Painel: sala_inteligente

Arte com reciclável

Publicação Revista Escola Particular 

Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Estado de São Paulo (SIEEESP)

Referência

Disponível em: http://artecomreciclavel.nafoto.net/. Acesso em 14.07.2015.

Gilberto Vieira Mendes é graduado em Gestão Tecnologia da Informação pela Universidade Paulista – UNIP. Funcionário do Instituto Tecnológico Aeroespacial – ITA. Criou o Projeto Arte com Reciclável em abril 2011, fazendo da arte locutor ou interlocutor para desenvolver a criatividade e levar a inovação, com foco em educação ambiental, ensino de ciência e desenvolvimento social.

Cassiano Zeferino de Carvalho Neto é pós-doutorado em educação digital pelo ITA e doutorado em engenharia e gestão do conhecimento pela UFSC; é mestre em educação científica e tecnológica (UFSC) e especialista em qualidade na educação básica (INEAM/OEA/USA). Tem licenciaturas em Física e Pedagogia (PUCSP). É fundador e atual presidente do Instituto Galileo Galilei para a Educação (IGGE), e também fundador e diretor executivo da Laborciencia editora. www.carvalhonetocz.com. Contato: carvalhonetocz@gmail.com.

 Artigos disponíveis para download.

arte_com_reciclável_1
arte_com_reciclável_2
Promoção do Sucesso na Aprendizagem em Física: proposta de um Ecossistema Digital para a Gestão do Conhecimento [EDGC]
Jorge Fonseca e Trindade, Ph.D. †
Cassiano Zeferino de Carvalho Neto, Ph.D. ‡

† Instituto Politécnico da Guarda (IPG)

Centro de Física Computacional (CFC)

‡ Instituto Galileo Galilei para a Educação (IGGE)

Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA)

Resumo

A unidade curricular de Física faz parte integrante da generalidade dos currículos das licenciaturas em engenharias, sendo habitualmente leccionada nos primeiros anos dos cursos, por se tratar de uma disciplina subsidiária de outras nucleares das licenciaturas. Por uma multiplicidade de fatores, que convergem para uma divergência abismal entre as expetativas que os sistemas educativos têm sobre a aprendizagem que os alunos deveriam ter realizado e aquela que efetivamente demonstram ter realizado, é muito baixo o aproveitamento escolar em Física.

É do maior interesse de ambas as partes (alunos e instituições) encontrar estratégias que ajudem a superar este problema. Apresentamos uma proposta tecnológica, centrada no aluno, para o aluno e adequada às reais necessidades do aluno, capacitada para a resolução deste tipo de problemas e testada em larga escala no meio educacional brasileiro e que se encontra em fase final de implementação para a sua validação no contexto do ensino superior nacional.

Palavras-Chave: Física, aprendizagem, Ecossistema Digital para a Gestão do Conhecimento.

Acesse o artigo: artigo_edgc_brasil_portugal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *